.

O Armazém Memória publica a discografia do cantor e compositor Sérgio Sampaio morto em 1994. Destacamos o texto abaixo do portal Quadrada dos Canturis, que foi uma das fontes de reunião de sua discografia.

Aproveitem esta música de irreverência, feita por um artista que sempre teve o que dizer. A necessidade de colocarmos o bloco na rua exposta de forma tão direta é parte das urgências no Brasil de hoje.

“Visceral, poeta, gênio. Incompreendido, injustiçado, marginalizado. Turrão, teimoso, irascível. Maldito. Os epítetos para definir Sérgio Sampaio são muitos, e nenhum deles dá conta da figura mítica do músico cachoeirense. Os clichês, na verdade, vêm feito muletas, no amparo do desconhecimento de uma obra faustosa, ainda relegada ao subterrâneo do imaginário nacional. Vinte anos após sua morte – ele foi vítima de uma crise de pancreatite, derivada do abuso de álcool –, completados hoje, uma série de projetos têm tentado resgatar do limbo o nome de Sampaio, desde shows com seu repertório e página na internet a gravações de faixas inéditas.” por Leandro Reis.

ACESSE AQUI A PÁGINA DA DISCOGRAFIA DE SÉRGIO SAMPAIO NO ARMAZÉM MEMÓRIA.

Publicado em: http://www.gazetaonline.com.br/_conteudo/2014/05/entretenimento/cultura_e_famosos/1486864-sergio-sampaio-tem-vida-e-obra-resgatadas-vinte-anos-apos-sua-morte.html